quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Plano de Fuga.

FUGIR, essa palavra vem definindo minha vida há uns longos meses. Não sei dizer se já se tornou mania ou se ainda é medo. Acredito que seja um pouco dos dois.

O fato é que eu fujo toda vez que estou me apaixonando, fujo por medo de me entregar. Fujo para não sofrer. É, simplesmente fujo.

Minha vida tem sido fugir. Mas me parece que algo tem mudado, conheci uma garota e não consigo fugir dela. Não que ela tenha tirado meus medos, até porque eu os tenho perturbando minha mente o tempo todo.

Acontece que eu não consigo partir, não sem ela. Mas ela seria meu único motivo para partir. Não faz sentido leva-la comigo, se a intenção é fugir dela. E por não conseguir me desfazer - não sei se essa seria a palavra correta - ficarei por aqui mesmo. Esquecendo-me de fugir, nos braços dela. Aqui com ela. Até um próximo plano de fuga.

Emelly Dias Aloy

2 comentários: